Por: Lucas Rodrigues Garcia – 6º ano

    Esse livro de ação e aventuras chamado Os Três Mosqueteiros foi escrito por Alexandre Dumas. O livro em si foi publicado em 1844, mas continua um clássico. Tem estilo narrativo que vai atrair sua atenção. 

     Este livro fala da história de um jovem de 20 anos, nascido na Gasconha, D’Artagnan, que vai a Paris para realizar seus sonhos e ganhar o título de mosqueteiro do rei.

Chegando a Paris, ele encontra o senhor De Treville, um antigo amigo de seu pai. Lá também conhece os três mosqueteiros: Athos, Porthos e Aramis. D`Artagnan acaba brigando com os mosqueteiros, mas pouco tempo depois viram grandes amigos e a partir daí começam as aventuras do livro. O enredo segue com aventuras um pouco de romance e conflitos da família real. Como toda boa aventura, D’artagnan descobre que está rodeado de traidores, mas no final a busca do sonho e a amizade sempre vão ganhar comemorando o lema“ um por todos e todos por um”.

      A história pode ser comparada com um livro mais moderno chamado “O ladrão de raios” de Rick Riordan. Os livros são parecidos pelo alto nível de aventura e companheirismo. Além disso, o personagem principal Percy Jackson se assemelha a D’artagnan pois são atrapalhados, gostam de ação e se envolvem em confusões. Os dois livros têm os amigos como companheiros fiéis nas aventura dos “heróis”.

      Minha opinião sobre o livro é que é cheio de aventuras. Esse livro traz emoções como ódio e alegria, que vão te envolver na história. Apesar dos momentos de ação, às vezes o livro fica um pouco repetitivo como no caso quando um dos mosqueteiros está em perigo mas os outros salvam-no. Mas isso é só um ponto fraco do livro, de resto é um livro excepcional. Desejo que você se divirta e boa leitura.