Categorias

Dos Alunos

O morto do museu 

Meu nome é detetive Gaston e, se dúvida, se meu nome começa com detetive, na verdade não. Na realidade ninguém me chame pelo meu nome. E claro, como todo bom detetive, eu fico horas, talvez dias ao lado do telefone fixo esperando um toque sequer….

Dos Alunos

O colégio Elite Way 

O ano é 2019, o colégio Elite Way recebe o título do estabelecimento de ensino mais caro do mundo, com a infraestrutura da mais alta qualidade. Me arrisco a dizer que é o lugar mais cobiçado do mundo “teen”. Enfim, tinha de tudo para ser…

Dos Alunos

O Gravador 

Uma mulher morta estirada ao chão com uma faca em seu peito e encharcada de sangue e, um pouco distante dela, próximo ao pé da mesa, uma fita de gravador. Assim começou a investigação, muitos detetives e policiais tentando explicar como foi a morte de…

Dos Alunos

O Sequestro 

“Seu filho está em nosso poder, se quiser o menino de volta, siga as instruções: ponha 500 mil dólares numa mala preta e deixe atrás da banca de jornal da estação de trem às 10h50min. Pegue o trem das 11h. Se ficar alguém vigiando a…

Dos Alunos

Uma viagem literária 

No dia de hoje vou contar a vocês a história de Mari, uma menina “normal”, como todas as outras… ia à escola, fazia lições, estudava, viajava… Mas em um certo dia, no final de semana, ela pediu para ir a uma biblioteca, para escolher um…

Dos Alunos

Eu e os contos 

Era uma vez, em um lugar não muito distante, lá estava eu na escola, na aula de Oficina de Escrita e eu pedi para ir ao banheiro.Quando estava voltando para a sala de aula, tropecei em uma linda caixa de cristal com lindos animais místicos…

Dos Alunos

Uma viagem emocionante 

Era uma manhã de sexta, quando eu e minha irmã Bruna estávamos indo para São Paulo para arranjarmos emprego.Quando chegamos lá, a primeira coisa que Bruna queria fazer era ir à biblioteca da cidade. Chegamos à biblioteca, vimos muitos livros antigos e empoeirados. O lugar…

Dos Alunos

O menino que valia 500 mil dólares 

Paulo César estava extremamente aflito, naquela noite de sábado. Ao invés de estar passando um tempo de qualidade em família, o rico empresário se encontrava sentado em uma poltrona de veludo em seu escritório, esperando uma ligação importante. Ele analisou, novamente, o pedaço de papel…