Por: Caetano Anselmo Aidar – 8o.ano

Terra Sob Pressão, livro escrito por Sérgio Túlio Caldas, teve sua edição no ano de 2008, com 8 capítulos. Sérgio é jornalista, roteirista, escritor e produz programas de TV. Já viajou pelo Brasil e pelo mundo, mais pela Ásia, América, além do nordeste e norte brasileiro, e escreveu o livro Água: precisamos falar sobre isso. O autor produz livros que abordam os temas atuais e, quando escreveu o livro Terra Sob Pressão, tinha em mente o objetivo de levar o assunto sobre aquecimento global para além dos grupos de pesquisas científicas, como em conversas casuais, a fim de tornar o assunto mais comum e discutido. 

     O livro é um documentário que apresenta situações e puxa ganchos como, por exemplo, o efeito estufa, degelo das calotas polares (apesar das baixas temperaturas existentes) e acidez dos oceanos que afetam corais e a vida marinha. Prejuízos à natureza e à sua flora, em geral são os assuntos secundários do livro e acontecimentos decorrentes do aquecimento global, o protagonista. O possível futuro, se o mundo continuar assim, é de que o nível dos oceanos suba alguns metros a mais que os atuais e espécies sejam dizimadas. Tudo isso escrito nesse livro, explicando cada detalhe de cada um desses acontecimentos. 

    O livro conta com vários esquemas e imagens explicando os assuntos, dois capítulos de listas de como ser ecológico, além de amenizar o efeito estufa e o aquecimento global. Listas que provavelmente conscientizam várias pessoas de seus atos. Temperatura do chuveiro, ar condicionado, poucos litros de água a mais que o necessário e despejo incorreto de óleo, durante uma lavagem de louça, podem influenciar no aquecimento global e nos seus acontecimentos decorrentes. 

      Uma vez que me interessei tanto pelo livro, posso dizer que ele é realmente bom e a leitura é agradável; não entediante como a de livros apenas de texto e sem imagens. Apesar de curto, o livro é uma carga de informações necessárias para os dias de hoje. Eu recomendaria esse livro para os amantes de todos os gêneros, pois ele realmente é necessário, já que o futuro que nos aguarda pode ser bem indesejável.