Por: Beatriz Marcos Arroyo – 8o.ano

A obra “O Grande Mentecapto” foi escrita pelo autor Fernando Sabino, no ano de 1979.
A história gira em torno de Geraldo, que antes era Boaventura e passou a ser Viramundo. Tudo se passa no estado de Minas Gerais, o que difere são as cidades pelas quais o protagonista passou.
Geraldo nasceu na cidade de Rio Acima, na qual vivia com seu pais e irmãos. Sua família era bem pobre, e por tal motivo, simplicidade é uma de suas características. Por ser uma criança sonhadora e arteira, sempre se metia em vários problemas, mas sempre estava acompanhado por seus amigos e irmãos.

Tudo corria normalmente, até que teve a “brilhante” ideia de forçar o trem parar. De início, foi visto como um feito heroico, porém, quando um de seus amigos foi tentar imitá-lo, terminou em tragédia. E com isso, Geraldo sofreu com o resultado de sua ação.
Quando mais velho, acaba indo para o seminário. Mas o mesmo acaba cometendo um enorme erro, assim ocasionando sua expulsão.
Assim que sua vida como andarilho começa, Geraldo passa por várias cidades, tais como Ouro Preto, Barcelona etc.
Graças a sua personalidade, Geraldo pode ser considerado um homem fora dos padrões; andarilho, poeta, formal em diálogos etc.
Viramundo passou por altos e baixos, assim fazendo “amigos”, indo em festas, se metendo em brigas e chegou a ser candidato a prefeito, que loucura!
No fim, é possível perceber a sua gigantesca evolução, de uma criança que só se metia em problemas, a um adulto com muito sofrimento diante de suas escolhas. Mas não é só tristeza, sua vida é uma verdadeira comédia. Seu jeito mentecapto sempre foi visível no desenrolar da “trama”.
Por ser um livro que envolve várias reflexões, sua leitura deve ser feita de mente aberta, já que há várias informações de suma importância, e se não prestar atenção aos mínimos detalhes, irá se confundir.
É possível perceber que Viramundo sempre passou por dificuldades, por causa de seu modo de agir, pensar etc. Geraldo é o típico homem que apanha muito da vida, mas graças à sorte, sempre dá um jeitinho de cumprir seus objetivos. Por isso, recomendo muito a leitura dessa brilhante obra reflexiva.